Como recuperar o controle financeiro?

Controle financeiro

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Se chegar no final do mês sempre bate aquela sensação de que não conseguirá chegar ao final do mês sem aquele sofrimento para pagar as contas, você precisa de ajuda para recuperar o controle financeiro.

Mas afinal, como recuperá-lo vivendo em um mundo extremamente instável financeiramente? Selecionamos algumas dicas para você, mas antes mostraremos detalhadamente o que de fato é o controle financeiro.

Saiba o que é o controle financeiro pessoal

O controle financeiro nada mais é do que uma boa educação financeira o que de fato a maioria dos brasileiros não possui e por isso passam por tantas situações desagradáveis quando o assunto é finanças.

Fazer o controle financeiro de forma básica nada mais é do que administrar o seu dinheiro sabendo exatamente o que você pode gastar, quanto e onde investir e no caso surjam dívidas, ter uma reserva financeira para conseguir quitá-las.

O controle financeiro acontece quando você entende quais são os seus gastos e os seus ganhos e como é possível gerir as suas contas dentro de casa sem gastar além do que o necessário, inclusive poupando e no final do mês ao invés de faltar, sobrar.

Uma excelente opção quando sobrar dinheiro é fazer pequenos investimentos para deixar seus recursos rentáveis e não parados.

Veja alguns passos que vão te ajudar a recuperar o controle financeiro

Não tem nada mais importante para recuperar financeiro do que organização, dedicação e planejamento para regular as suas finanças e manter uma qualidade de vida nesse aspecto.

Infelizmente, como dito anteriormente, existe essa falha na educação Brasileira, pois isso não é algo ensinado nas escolas.  

Pensando em ajudá-lo, selecionamos 2 dicas capazes de expandir o seu conhecimento no mundo financeiro.

Conheça o seu dinheiro

É imprescindível conhecer as suas finanças, visto que esse é o primeiro passo para alcançar o controle financeiro pessoal o recuperado. A esse respeito é necessário considerar quais são as receitas e despesas incluindo as que são fixas e as que variam.

Além disso é muito importante lembrar de considerar a alimentação, o seu salário líquido, ou seja, o valor que é bruto do salário não é considerado. Pois muitas pessoas acabam e perdendo a consciência financeira por contar com a sua renda bruta e esquecer dos descontos que são feitos.

Para saber o seu custo de vida e quais são as suas despesas que são fixas, faça as contas de tudo aquilo que mensalmente é computado e descontado como por exemplo aluguel, contas básicas para viver e outras despesas que promovem a subsistência.

Caso você tenha muita dificuldade em fazer essa organização, existem planilhas prontas que podem ser usadas ou até mesmo aplicativos de controle de custos que ajudam na organização de finanças e no controle financeiro.

Elimine gastos desnecessários

Os gastos que são supérfluos são os grandes inimigos do controle financeiro e para você entender o que é ser bem-sucedido financeiramente é necessário cortá-los e saber a origem a fundo.

Manter a saúde financeira em dia e gastar de forma indevida com gastos supérfluos ou desnecessários são totalmente antagônicos. Em vez de gastar deliberadamente o seu dinheiro, invista-o para que ele se torne rentável.

Hoje em dia existem investimentos que são totalmente viáveis para diversas classes sociais. Esqueça aquele tabu que só quem é rico pode investir. Eles podem começar a partir de 10 reais com com uma renda fixa descontada diretamente do seu salário dependendo do local de investimento.

Além de investir, contabilize todo e qualquer gasto que você estiver dentro de casa e fora dela, para ter ciência de onde está saindo e para onde está indo o seu dinheiro.

Caso não esteja com a sua planilha disponível, anote em um papel, guarde as notas das compras para que o hábito e a consciência do controle financeiro sejam criados ou recuperados.

Leia também: Como Buscar Ajuda Em Caso De Nome Sujo Indevidamente?

Siga nosso Instagram: sm_negativacao

Outros posts

Dívidas antigas
Negativação Indevida

Dívidas antigas: como renegociar após 5 anos?

Algumas pessoas acreditam que as dívidas antigas são extintas. No entanto, mesmo após algum tempo, elas continuam existindo e podem inclusive gerar limitações futuras. Mas

Controle financeiro
Negativação Indevida

Como recuperar o controle financeiro?

Se chegar no final do mês sempre bate aquela sensação de que não conseguirá chegar ao final do mês sem aquele sofrimento para pagar as